Comentário

CÂMARA MUNICIPAL REALIZA SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO DIA DO PROFESSOR


Ontem (22), a Câmara Municipal de Tarauacá realizou uma Sessão Solene em homenagem aos professores. Todos os presentes, convidados e autoridades, parabenizaram a Casa pelo reconhecimento ao profissional do ensino. A Sessão contou com um ícone da educação tarauacaense com décadas de dedicação, professora Francisca Aragão.

Após a abertura da mesma pelo Presidente da Casa, vereador Manoel Monteiro foi facultada a palavra aos Vereadores e convidados homenageados, dentre eles estavam a já citada professora Francisca Aragão, coordenadora do Núcleo de Educação Estadual em Tarauacá, Edmundo Maciel, Secretário de Educação Municipal, Professora Elmira Coelho, gestora da Escola Rosaura Mourão, Sarilândia gestora da Escola Donizete Mota, Eurico Paz, Presidente do SINTEAC/TK, o Vice-prefeito Chagas Batista e a vereadora Janaína Furtado juntamente com os vereadores Jesus Sérgio, Marlindo, Mirabor Leite, Nasso Kaxinawá e João Moreira.

Ficou com a vereadora Janaína Furtado propositora da Sessão e também professora, a abertura dos discursos. Lembrou que foi alfabetizada pela mãe ainda no seringal onde morava, e por saber de todas as dificuldades que passa um professor sempre apoiara a classe na Câmara Municipal no que diz respeito a reivindicações justas. Após, foi a vez da professora Francisca Aragão onde disse que ser professor é na verdade um sacerdócio, tem que antes de tudo gostar da profissão, pois além do conhecimento científico, compromisso e responsabilidade o professor tem que ter vocação na alma, porque, professor é a mãe de todas as outras profissões.

O Secretário de Educação Edmundo Maciel reconheceu os bons serviços prestados à educação tarauacaense pela dedicação integral da professora Francisca Aragão ao município. Reconhece também as dificuldades que passa o profissional hoje em dia, principalmente pela sobrecarga de trabalho, acrescentando que hoje em dia o professor tem que ser tudo.

A professora Elmira Daniel fez um discurso emocionante citando principalmente salário de professores muito aquém do que mereciam, afirmando que ninguém consegue se sustentar com tão pouco. Justamente sobre isso falou o Presidente do SINTEAC/TK Eurico Paz, afirmando que há políticos que dizem que a Educação é o caminho para mudar o Brasil, mas emperra a mudança de destinação de 5% para 10% do PIB para a Educação.


A Gestora da Escola Donizete Mota a professora Sarilândia mostrou todo seu orgulho em ser professora, afirmando que se sente importante sendo professora, pois, concorda também que dessa depende todas as outras profissões.

Dando prosseguimento, o vice-prefeito Chagas Batista justificou a ausência do Prefeito Rodrigo Damasceno que está em viagem para Rio Branco. Depois disse compartilhar com o grito de desespero da professora Elmira e sabe das dificuldades que enfrenta a categoria, tanto é que os jovens de hoje em dia não demonstram vocação para o ensino.

Fechando a Sessão foi à vez dos vereadores exporem suas opiniões. O vereador Jesus Sérgio lembrou que a Casa tem quatro professores, e por isso a Câmara Municipal vem dando atenção aos problemas do corpo docente municipal por ser sabedor do trabalho que dá ser professor, citou como exemplo que o professor até nos finais de semanas estão preparando aula ou corrigindo provas. 

Vereador João Moreira também se emocionou com as palavras da professora Elmira, e disse que a Educação tem meios para melhorar a vida dos professores e que isso tem que ser um objetivo. 
Já o vereador Mirabor Leite iniciou seu discurso dizendo que fez uma pesquisa sobre o dia dos professores, acrescentando que o mesmo começou em Piracicaba em 1947. Reconheceu também a dedicação da professora Francisca Aragão na Educação e que sente hoje a gratidão das pessoas por isso. Solidarizou-se com a professora Elmira destacando que são justas suas reivindicações. O Vereador Nasso Kaxinawá compartilha a afirmação de que o professor é a profissão de onde deriva todas as outras profissões, e que defende a melhora do ensino na zona rural, pois se há tantos problemas nas escolas da zona urbana, imaginem nas escolas da zona rural, disse ele.

Logo em seguida veio a fala dos vereadores Marlindo e Ezi Aragão. Marlindo lembrou que não só a educação de Tarauacá enfrenta problemas, mas de todo o Brasil devido à fragilidade financeira que ocorre atualmente. Sugeriu que todos se unissem e não medissem esforços para melhorar a educação como um todo e que seja encarada como um meio de vida e de se mudar o país, afirmando que este será um de seus legados enquanto político. 

Já o vereador Ezi Aragão afirma que ser professor hoje em dia é ser antes de tudo ser um lutador. Reconhece que teve avanços na educação, mas ainda há muito que se fazer. Citou como exemplo a zona rural onde os pais não conseguem acompanhar o ensinamento dos filhos e que isso atrasa o aprendizado. Sugeriu que para se acabar com o ensino multisseriado que sobrecarrega o professor criem-se pólos de ensino, que teria várias séries de ensino uma com cada professor.


Fechando a Sessão o Presidente da Casa vereador Manoel Monteiro fez alguns elogios. Considerou corajoso, o Secretário de Educação Edmundo Maciel por saber ser a SEME uma das mais complexas secretarias para se administrar. 

Elogiou também o professor Eurico mostrando aos presentes que para uns ele é considerado chato por reivindicar melhorias, mas que para outros é uma pessoa dedicada à causa. 

Agradeceu os seus colegas vereadores por estar aprendendo muito com eles. Disse que está em uma verdadeira escola pelo alto nível com que eles representam a sociedade que os elegeram.

Em tom emocionado agradeceu aos professores por estarem dando aos filhos dele, um ensino que ele mesmo não teve condições de dar.



COMPARTILHE:

    Comentário do Blogger